Nerd Pai D'égua

Amigos Nerds de Belém que gostam muito de várias coisas

Final Fight Double Impact…O Clássico no Lixo

 

O título é lindo mas o jogo...

Fala galera! hoje estou trazendo para vocês este antigo review para salvar mais algumas pessoas do jogo Final Fight Double Impact que todos esperavam que fosse ficar uma beleza de lindo mas que terminou ficando uma beleza de tosco. “Como assim?” vocês devem estar se perguntando pois então continuem lendo para saber os motivos deste ter sido um dos maiores fracassos da Capcom em termos de remake mas que ninguém conseguiu admitir.

O jogo foi lançado neste mês de abril para XBox Live e Playstation Network e desde que foi anunciado, vem sendo esperado por muitos fans. Para vocês terem uma idéia, minha namorada comprou um cartão da PSN pelo ML só para poder jogar o Final Fight no lançamento.

Outro detalhe sobre este lançamento é o nome Double Impact, que não quer dizer novidade e sim que Final Fight vem junto com o antigo Magic Sword onde você é um guerreiro que sai limando todo mundo pela frente até chegar no topo da torre para arrebentar com o último chefe e fazer sua escolha pelo bem ou mau.

Bom, vamos ao jogo. De cara a interface é bem bacana, um arcade dentro de um cenário todo detonado que lembra os cenários de Final Fight. Neste cenário você pode ver de longe o arcade original do jogo, passando as imagens e ainda escutar o som do jogo rolando enquanto faz suas configurações. Nesta hora, temos a opção de trocar de jogo e damos de cara com um local logo atrás de Final Fight, só que agora caracterizando o ambiente de Magic Sword e com o arcade original do mesmo.

Os gabinetes virtuais de Final Fight e Magic Sword

 

Dentro das as opções de modo de jogo para ambos, temos a opção cabinet onde você pode jogar vendo uma parte do arcade e a tela do jogo (pessoalmente está é a melhor), centralizada, com zoom e em widescreen (sem dúvida a pior). Quanto a melhoria gráfica, você tem a disposição os modos arcade, clássico, suavizado e com contraste e formas mais marcadas (crisp).

Na ordem: Arcade, Clássico, Suavizado e Crisp

 

O jogo continua o bom e velho Final Fight que todos adoramos ou seja, nada foi tirado ou acrescentado. A jogabilidade continua a mesma inclusive os mesmos macetes velhos de guerra funcionam que é uma beleza.

Esse desenho foi triste

Os Acréscimos neste “remake” foram: o modo online “Join in”, onde você pode entrar em qualquer jogo como se estivesse colocando uma ficha num arcade; o multiplayer e a seção do cofre (vault), onde você destrava uma série de ilustrações, imagens, páginas do quadrinho do Final Fight feitas pelo estúdio Udon e até mesmo um episódio especial com a galera do Final Fight em um antigo desenho do Street Fighter que passava no SBT.

 

Fora isso, de novo não tem mais nada e ainda tem mais, na versão para PS3 a empresa que produziu o jogo anulou a possibilidade de quem compra o jogo poder compartilhar e caso você o faça, o jogo fica bloqueado por 24 horas depois que alguém que compartilhou jogou. Conclusão, galera que gosta de fazer vaquinha ou comprar no ML, nem tentem porque é barca furada. A Capcom já apareceu para pedir desculpas por essa grande bobagem mas não confirmou se vai ou não corrigir esta grande bobagem. Os coitados estão pensando que não estão vendendo porque a galera está se reunindo para comprar e não porque os remakes deles estão decaindo.

Finalizando, o jogo é o bom mas convenhamos, quando você vende um conceito de remake e no fim aparece com a mesma coisa, é uma falha. Não precisa mudar o jogo mas dar uma guaribada no visual é fundamental nessas horas. Isso decepcionou muitos que estavam loucos pelo remake desse jogo mas também existem os cegos que preferem assim. E eu só tenho uma coisa para falar pra esses, joguem o emulador então que é bem melhor ou comprem um arcade do Final Fight.

Alguns bons exemplos de excelentes remakes são o Turtles in Time, que ficou uma beleza e preservou toda a jogabilidade; Prince of Persia, foi transformado em um 2,5D mas continuou com tudo como foi deixado no primeirão que saiu; After Burner Climax; 1942 ficou fantástico e o Sparkster ou Rocket Knight.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: