Nerd Pai D'égua

Amigos Nerds de Belém que gostam muito de várias coisas

Dragons Lair Trilogy – Um exemplo de relançamento

Dirk esta de volta

Fala Galera, bom para falar desse relançamento para o Wii temos que olhar para sua primeira versão nos Arcades no ano de 1983. Foi o primeiro jogo lançado em Laser Disc e com os desenhos do Ex funcionário da Disney Dan Bluth fez com que Dragons Lair vencesse a barreira da crise que se abateu no mundo dos games na década de 80 e foi um dos Arcades mais jogados naquele período devido aos seus gráficos/animações.

Este também foi o primeiro jogo que mostrou o elemento Quick Time Event, o qual dá ao jogador o controle sobre o personagem enquanto o mesmo esta dentro de uma cutscene. Hoje nós podemos ver este elemento dentro de diversos jogos combinados com outro tipo de jogabilidade mas como Dragons Lair era um desenho animado, o jogo inteiro se baseou em Quick Time Events.

É muito difícil analisar um clássico como esse mas o fato de que a Digital Leisure fez um trabalho tão bom neste relançamento nos dá vários bons motivos e fatos para isso.

Graficamente o jogo é mesmo de quando foi lançado só contando mesmo com o melhoramento do jogo para a qualidade de exibição  que contamos atualmente. Ou seja, o jogo foi completamente remasterizado e distribuido nas versões standard e widescreen. O que chama realmente a atenção é a interface para o conjuntos de jogos. Na tela de entrada você verá um display de Dirk, o Bravo e quando você aperta o botão para começar, é levado para um espaço contendo os modelos em 3d das máquinas originais de cada jogo: O Dragons Lair, Dragons Dragons lair 2: Time Warp e Space Ace. Tudo isso com um excelente acabamento gráfico.

As telas de início, das máquinas e as opções do jogo escolhido

 

A história dos três jogos é basicamente a mesma: Fazer com que o héroi resgate sua princesa. O legal é que ambos os heróis são, apesar de aparentarem uma postura de super-heróis, são patetas e bem medrosos. Ou seja, são muitas situações em que eles escapam por muito pouco da morte e ainda de formas não muito inteligentes ou heróicas.

O áudio esta impecável, os efeitos sonoros são ótimos e as músicas também são excelentes pois dão ritmo ao jogo e impulsionam o jogador a seguir em frente mesmo quando a morte bate a porta de Dirk, o que não é muito raro de acontecer com qualquer tipo de player.

Algumas das muitas cenas de Dirk quando abraça a morte

 

A jogabilidade, apesar de centrar-se em apertar os botões nos momentos exatos, é boa pois o jogador tem uma série de opções de jogo. Você pode deixar o jogo igualzinho como era no original, ligar a opção para mostrar os ícones de cada botão quando forem necessários ou deixar os gráficos dos botões permanentes na tela e apertar quando um deles brilharem. Outra opção que é dada para o jogador é de jogar a campanha original, que contém menos cenas e é bem mais rápida, ou de jogar a versão extendida ou caseira que contém todas cenas e ainda finais alternativos. Quanto ao nível de dificuldade, o jogador pode escolher sempre entre dois: fácil ou difícil. Vou ser sincero com vocês, a única coisa que muda entre os níveis é a velocidade com que você tem que apertar o botão no momento certo, fora isso, mais anda. Outra cosia que o jogador pode escolher é de assistir na integra todo o desenho e identificar os momentos corretos em que terá de pressionar o botão e depois jogar ou simplesmente para ver a animação deste ótimo artista.

Uma das formas de jogar disponível para todos os três títulos

 

A taxa de replay é muito relativa, pois depende demais de cada um. Como os três jogos são bem rápidos de se terminar e ainda contam com apenas uma forma de se jogar, o replay é infelizmente muito baixo para muitos jogadores. Somente os jogadores que gostam de ter em mãos os clássicos para jogarem de vez em quando é que irão jogar diversas vezes os três jogos.

Concluindo, este jogo foi feito para poucos hoje em dia mas na sua época foi um fenômeno poderoso que conseguiu se sustentar durante uma grande crise da indústria de games e ainda estabeleceu um elemento de gameplay que até hoje é utilizado em muitos jogos. Por esta razão, deixarei este jogo sem uma média pois a mesma seria injusta tanto para aqueles que conhecem e gostam quanto para aqueles que não conhecem mas que, quando fossem jogar, iriam odiar. Por este motivo que deixarei um vídeo com um pouquinho do gameplay para que todos possam tirar suas conclusões sobre este grande clássico.

Para conhecer mais sobre este jogo olhem nestes links:

Wikipedia

Digital Leisure

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: